Quem diria que não viríamos a ser
A nossa ideia sonhada de alguém maior

 

Quem diria que nem aquele
O que se fez para viver humildemente o seu gosto

 

Quem diria que, tão-pouco
Aquele que se viu numa luta maior do que ele mesmo
Mas da qual lhe parecia ser possível sair heroicamente

 

Quem diria que somente seríamos
Mais uns herdeiros do atingido consenso geracional anterior
Misturado à pressa com uns bocados de progressismo
Inevitavelmente importados
E ainda, de resto, viventes bastante mais amedrontados

 

Quem diria
Que não seríamos mesmo muito mais do que isto
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s